O QUE É UM EMBARQUE “RORO”?

Os navios “Roll-on, Roll-off” popularmente chamados de “Ro-Ro”, se destacam pela alta capacidade de carga. Sua estrutura abarca o objeto transportado que entra e sai da embarcação pelos próprios meios, sobre rodas – seja por automóveis, caminhões, ônibus, trailers e estrados volantes.

Sua altura chama a atenção por conta do costado e das rampas que dão acesso às cargas. Embarcações desse tipo podem armazenar entre 2 mil e 4 mil veículos, medindo até 600 metros de comprimento, 100 metros de altura e 100 metros de largura.

Os navios “Ro-Ro” são fechados o que na prática – diferente do navio transportador de contêiner – apresentam um estacionamento vertical com várias rampas internas onde, comumente, é possível ajustar a altura dos andares de acordo com o tipo de objeto transportado.

Agora que você está um pouquinho mais familiarizado com este tipo de embarque, veja como é o processo na prática.

COMO FAZER?

A área interna do navio “Ro-Ro” é adaptável, com pisos ajustáveis que permitem diferentes configurações e podem ter altura variável. Isso permite o transporte desde automóveis menores até tratores, máquinas agrícolas e trens.  

Para operações desse tipo, o planejamento deve ser extremamente minucioso. Isso leva em conta qual a posição de cada carro nos decks (andares), distância entre cada carga, largura máxima permitida de acordo com as dimensões e rotação de cada navio, além da quantidade de veículos e portos de parada.

A TSL é especialista em embarques de automóveis via modal marítimo, entre em contato no e-mail: andre@tsl-log.com.br

MODELOS MAIS FAMOSOS 

 

  • Ferry Boat ou RoPa

 

Essa categoria permite o transporte de passageiros e cargas, cada qual em locais específicos dentro da embarcação. É o navio “Ro-Ro” convencional, que transporta carros principalmente em viagens de turismo, quando os passageiros embarcam em seus automóveis. Em geral são embarcações com dois ou três conveses e são carregados e descarregados por rampas, na proa ou na popa. 

  • ConRo ou RonCo – Ro-Ro Porta-Contêineres

Projetados para transportar contêineres e cargas Ro-Ro através da rampa. Geralmente esse tipo de navio transporta contêineres na parte de cima e as cargas rolantes abaixo do convés.

 

  • Pure Car Carrier ou Pure Car & Truck Carrier

 

São embarcações voltadas ao transporte de quantidades extremamente elevadas de carros de passageiros (PCC) e caminhões (PCTC). A distância entre os decks pode ser ajustada, dependendo da altura dos veículos transportados.

CASOS BRASILEIROS 

Aqui no Brasil já possuímos nosso caso de sucesso, mais precisamente no Porto de Paranaguá. Em 27 de julho de 2020, no berço 215 a operação foi realizada pela Marcon, principal empresa operadora de veículos e carga geral no Porto de Paranaguá. A embarcação ocorreu como planejado atracando por volta das 6h, carregou em cerca de seis e zarpou no mesmo dia, às 19h.

Na ocasião, os ônibus foram adquiridos pelo Ministério dos Transportes de Angola. Vale ressaltar que nos últimos três anos, a parceria Marcopolo/Asperbras levou mais de 600 unidades para o mercado angolano.

O porto de Santos também possui sua história em embarques “Ro-Ro”. O porto oferece dois berços prioritários para “Ro-Ro”: um no cais Saboó, operado pela Deicmar, e outro na margem esquerda do estuário, o TEV, operado pela Santos Brasil. O TEV é abarca 50% do volume de automóveis movimentado pelo porto e possui de 10 a 12 navios por mês. 

Embarques “Ro-Ro” são vantajosos pela sua alta capacidade de armazenagem, com o cuidado requisitado pode trazer uma eficácia considerável à operação.

 

Compartilhe esse artigo com mais profissionais da área!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *