Como escolher um fornecedor logístico?

Fornecedores logísticos são uma peça chave para as empresas que realizam operações de importação e exportação. Eles são capazes de definir o sucesso da operação, porém com tantas opções disponíveis no mercado, como saber qual fornecedor escolher? Quais critérios considerar? Separamos algumas dicas que podem te ajudar a tomar decisões baseadas na sua necessidade.

1- Pesquisa de mercado

Se você não sabe por onde começar, não tem referências para testar e precisa iniciar sua operação, comece pelo básico: consulte o mercado.

Fale com empresas que atuam no mesmo segmento que você. Peça referências. Escute a opinião dos profissionais que atuam no mesmo cargo e que fazem as mesmas escolhas. Essas, geralmente, são as opiniões mais valiosas. 

É muito comum sermos atraídos por um bom vendedor, mas quando falamos de logística, precisamos saber se a operação funciona, e bem! Não tenha medo de arriscar, mas calcule seus riscos para saber onde está pisando.

2- Nível de segurança

A segurança é um dos pilares da logística. Imagine se você tem uma carga muito valiosa e extremamente urgente. Seu fornecedor garante a entrega, mas quando você a recebe, ela está avariada e você não consegue utilizá-la. Toda a operação foi para o lixo.

Nesse sentido, o que pesar quando estiver decidindo quem vai cuidar do seu material? A segurança. Não estamos falando sobre a impossibilidade de avarias ocorrerem. Problemas na operação acontecem e muitas vezes a responsabilidade não é do fornecedor de logística. No entanto, é obrigação que ele ofereça um seguro de cargas e processos que mitiguem a possibilidade de riscos ocorrerem.

Por exemplo, se estamos falando de um fornecedor de logística rodoviária, é importante checar se ele possui rastreio nos seus caminhões, seguro que cubra o valor total da sua carga, caminhões adequados ao tipo de material a ser transportado, locais de armazenagem seguindo as normas de segurança, e assim por diante.

Os bons fornecedores não são os que não cometem erros, já que eles sabem que nem tudo está ao seu alcance. Bons fornecedores são aqueles que têm processos de contenção de riscos e planos de contingência.

3- Nível de serviço e personalização

Quais características você busca em um parceiro logístico? 

Para saber onde buscar, é preciso entender o que se procura.

Analise sua operação: quais fatores são primordiais? Lead time? Preço? Trabalhar em dias e horários incomuns? Retorno rápido de status?

Depois que você entender o que está buscando, procure empresas que tenham como principais atrativos os itens da sua lista.

Nem todas companhias de grandes nomes oferecem tudo o que você precisa. Quando chegar na etapa de negociação, deixe claro suas necessidades, e torne isso seu ponto de partida.

3- Tecnologia

A informação é um dos bens mais preciosos da vida moderna. A forma como ela nos é entregue pode ser o grande diferencial que você precisa para melhorar seu trabalho.

É importante que a empresa sempre se mantenha atualizada nas atualizações de mercado, tanto o que empresas privadas oferecem como públicas.

Leia mais: DUIMP – Como funciona a Declaração Única de Importação?

Se você entende que esses itens fazem parte da sua lista de exigências, não deixe de buscar por parceiros que possam supri-los. O mercado é grande demais para você se contentar com o que não precisa.

4- Valor

Veja que não escrevi preço, mas sim valor, pois preço não é tudo.

Redução de custo é o grande lema da década. Não há uma empresa que não busque reduzir seus custos e aumentar sua lucratividade. No entanto, é preciso entender o que está por trás do preço ofertado pelo seu fornecedor.

Seguindo os itens citados acima, se você busca um profissional que possa entregar um serviço de qualidade, isso normalmente vem atrelado a um valor pelo nível desse serviço. Não estamos falando aqui sobre não buscar reduções, mas sim entender os preços reais que você vai encontrar de acordo com o que está buscando.

Prometer uma redução de 50% sem analisar a realidade dentro do universo da sua operação só lhe fará perder a credibilidade dentro da sua empresa. Em toda tomada de decisão, o preço é um fator de escolha quando vinculado a outros itens. Busque quanto a concorrência cobra. Entenda o que lhe está sendo ofertado. Tenha uma meta clara de quanto você precisa reduzir, ao invés de achar que qualquer desconto é lucro. Entenda seu trabalho como uma cascata de fatores e daí parta para a negociação. 

No mercado existem todo tipo de empresa, da mais barata à mais superfaturada. Está nas suas mãos achar o equilíbrio.

Leia mais: 5 FORMAS DE REDUZIR CUSTOS NA IMPORTAÇÃO

5- Tempo de mercado 

Um fornecedor logístico que possui maturidade no mercado já enfrentou diferentes desafios na economia do Brasil e do mundo. Além disso, conhece peculiaridades necessárias para o transporte de mercadorias especiais e possui experiência nos mais diferentes tipos de embarque.

Além do que dissemos acima, o que mais você procura na hora de fazer sua escolha?

A TSL possui todos os requisitos para uma operação logística obter sucesso. Faça sua cotação! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *